quarta-feira, 30 de julho de 2008

Energia Solar, Participação e Cidadania



Moro!
Num País Tropical
Abençoado por Deus
E bonito por natureza
(Mas que beleza!)





A música todo mundo conhece... Ainda bem que a solução para diminuição do consumo de energia socialmente responsável está cada vez mais disponível.
Na foto ao lado é de um movimento mundial pelo uso das energias renováveis. Veja o site http://solar-aid.org/video/
Recebi um email de um participante de uma lista de discussão (Giuseppe do Voz das Gerais em 29/07/2008) que diz tudo: "A conjunção de esforços de popularização de energias renováveis com modelos de gestão pública participativa podem ajudar a varrer duas pragas de nossa era: a exclusão tecnológica e a corrupção. Na esteira dessa mudança logo desaparecem vários problemas decorrentes, tais como: degradação ambiental (inclusive aquecimento global), fome, doenças ligadas à falta de energia e saneamento, guerras, analfabetismo, clientelismo político, dominação econômica, entre outros... Façamos nossa parte... que começa conhecendo ambos: problema e solução!"
Conheça também o ASBC: Sigla de Aquecedor Solar de Baixo Custo.
Um projeto gratuito de um aquecedor solar de água, de 200 a 1.000 litros, destinado a substituir parcialmente a energia elétrica consumida por 36.000.000 de famílias brasileiras usuárias do chuveiro elétrico, em casas e apartamentos.

Este projeto está sendo desenvolvido, desde janeiro de 1999, pela ONG Sociedade do Sol, sigla SoSol, sediada no CIETEC - Centro Incubador de Empresas Tecnológicas, no Campus da USP/IPEN. Veja mais em: http://www.sociedadedosol.org.br/home.htm

Um comentário:

victor disse...

Muito boa essa iniciativa sua de divulgar esse tipo de trabalho. Todos devemos perceber que o mundo deve mudar e que as conquistas devem ser sadias e não destruidoras.A energia renovavel deve ficar ao alcance de todos.Cidadania é isso. abraços.

victors.gomez -
projetos sociais artes